Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...sem maneiras!

 

Tudo o que se vai contar foi visto. E ouvido. Tudo.

Na frente do café, no passeio que partilhava com os outros transeuntes, uma vida que aparentava mais de cinquenta anos vividos, o sexo feminino bem vestido, de repente, num gesto inesperado e decidido da boca da mulher, soltou-se uma cuspidela monumental que aterrou nas pedras calçadas.

Duas jovens subiam a avenida, eram postais vestidos pela democratização do sempre na moda. Uma delas berrava ao telemóvel e dizia a quem a queria e não queria ouvir- presume-se que também era ouvida do outro lado da linha: «estou-me a cagar, estás a perceber? estou-me a cagar.» O sotaque dava um colorido típico à pintura sonora.

Na manhã de inverno solarenga da foz do Porto, em frente ao mar, um homem indiferente à "multidão de fato de treino", puxou do seu indicador direito, pressionou a narina do mesmo lado e... jacto de ranho da narina esquerda para a pista das bicicletas. Acto contínuo, o indicador esquerdo, também pressionou a narina esquerda e...jacto de ranho da narina direita a voar até ao chão que alguém pisará. Nariz limpo.

Na mesma foz, onde as ondas faziam sorrisos à visita do astro-rei, uma senhora bonita, mal desenhada pela natureza, com magreza elegante, caminhava acelerada vestida numas calças de ginástica transparentes.... de onde saltava para olhos uma mini cuequinha cor de laranja fluorescente. O companheiro seguia ao lado, com óculos de sol...

Pai e filho-criança ao balcão. Jantavam. Nas cadeiras onde estavam sentados pousavam os cachecóis do clube do coração e da terra. Era noite de jogo grande. O pai, antes do jogo, ao lado do filho-criança, bebeu uma garrafa de 0,75 litros de vinho tinto do douro...até ao último golo, perdão, gole! 

A ditadura não melhora o que somos, como somos. E a democracia também não.

      

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:10



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Janeiro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D