Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Festas

24.06.14

O Zé gosta de festas.

De muitas festas. De todas as festas.

Arraiais, marchas, festivais, bombos, folclore, bailaricos e música popular…daquela que está sempre a rimar e que o Zé sabe cantar e assobiar.

O Zé gosta muito de festas.

O verão é uma satisfação! São tantas as festas que a vida do Zé é festa.

O Zé sabe que a festa da democracia o favorece. O Zé é um voto e a sua Câmara Municipal, a sua Junta de Freguesia, sabem que o Zé gosta da festa e o Zé quando gosta, vota.

O Zé gosta mesmo de festas.

A festa é uma motivação! O Zé arranja-se para ir para a festa, para a diversão. Cada festa é um encontro de amigos, um passou-bem ao Presidente, uns copos e uns sonhos com o palco… das bailarinas que dançam de perna ao léu e maminhas aos saltos. Como sonha o Zé com as bailarinas….

Um dia a vida do Zé mudou.

Perdeu o emprego. Gastou as economias. Perdeu-se.

Perdido, acordou uma manhã sem água…sim, a torneira secou.

O Zé foi à Junta, conhecia o Presidente das festas do passou-bem, pediu uma ajudinha, para a semana pagava. Nada.

O Zé foi à Câmara, conhecia o Presidente das festas do passou-bem, pediu uma ajudinha, para a semana pagava. Nada.

A Senhora da secretaria ainda lhe disse: ó homem tenha juízo, olha se a moda pega?!    

O Zé gosta de festas. Mas gosta ainda mais de água.

E foi com os olhos em água que bateu de frente no cartaz da festa: a Câmara e a Junta convidavam o Zé para festa de logo à noite. Entrada grátis, de borla- pensava o Zé - uma festa em grande, com o Tony e as bailarinas “despidas” a sorrir nas fotos e, a fechar a noite, anunciavam-se foguetes no ar.

A Câmara e a Junta que cortaram a água ao Zé por falta de pagamento, a Câmara e a Junta que não abriram a água ao Zé, que prometeu pagar para a semana, convidavam o Zé para ir ver o cantor e as bailarinas, sem pagar nada.

A água paga-se, a festa não.

O Zé não foi à festa.

O Zé nunca ia a festas sem tomar banho.

 

(publicado no jornal Folha do Centro em 24 de Junho de 2014)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:15


3 comentários

De Guerra Junqueiro a 25.06.2014 às 16:08

Há que criar e fomentar a festa da espuma.

Cumprimentos
Guerra Junqueiro

De Guerra Junqueiro a 27.06.2014 às 08:40

Dr. Vítor;

Parece que quem corta a água já não é a câmara?
O Côa e Zêzere também precisam de dinheiro.

Cumprimentos
Guerra Junqueiro

De carlos brito a 29.07.2014 às 22:13


Excelente cronica, excelente pedagogia,excelente humor.Bravo!
Digno de um Eça
CB

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Junho 2014

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D