Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A Graça

22.03.15

Este texto não é uma encomenda, nem uma factura. Tem valor, mas não tem preço. É oferta.

sem nome.png

Vamos falar de graça da Graça, a vereadora.

Em Portugal e em sublinhado maior na beira interior, vive-se o medo de dizer bem e quando se diz bem parece que até parece mal.

Vamos falar de graça da Graça e bem. Quer continuar a ler?

A Graça, a vereadora, quando começou o primeiro mandato autárquico gerou, em muitos, dúvida e nos costumeiros maldizentes logo se antecipava o desastre: uma desgraça, diziam.

A Graça, que vai agora a meio do segundo mandato, fez o seu caminho, sempre embrulhada nas mantas da cultura e da educação e sob o véu da política, que nunca lhe pesou.

Hoje, tem graça ouvir os comentários sobre a Graça.

Trabalha muito, é boa ouvinte, faz equipa, é determinada, gera consensos, fala cada vez melhor….são alguns dos elogios que se vão ouvindo. Chega a ter graça ouvir os que antes anunciavam a desgraça, agora parecem pregadores da Graça!

A Graça tem sabido estar na política local parecendo sempre que não é dali.

Não tem aquele discurso de matraca dos políticos e quejandos, gere o conflito evitando-o, tem um ar saudável, não perdeu a humildade, gere bem o tom de voz. Acresce que, com o tempo, aprendeu a usar com mestria a sua aparente timidez, não sendo uma mulher vistosa ou fatal é uma mulher bonita, e comunica hoje melhor, muito melhor. E trabalha! Aparece em todas e tantas vezes e em tantos dias que chega a parecer que esta vida é a sua «raison d´être».

A Graça tem sabido estar no poder parecendo sempre que não quer estar ali.

Olha-se a Graça e chega a ter graça ela parecer ser mais munícipe do que vereadora-munícipe, tal é a facilidade e a simplicidade como se lhe acede.

E a última graça da Graça é fazer parecer fácil o que faz, dando a sensação de estar em missão: quando acabar acabou, e regressará ao seu canto! E, sem sobressaltos, tudo voltará à graça normal na vida da Graça.

Leu até aqui? Fez bem, pela Graça.

 

ps.: Graça Silva – vereadora PS, com os pelouros da Cultura, Educação e Associativismo da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital.

 

(publicado no jornal Folha do Centro, 20 de Março de 2015)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:38



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Março 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D