Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Não vamos ler.

922968.jpgÉ uma escolha.

Passos Coelho não precisava e não precisa de uma biografia.

Um dia, talvez. Hoje, agora, não.

Passos Coelho está primeiro-ministro. E depois das eleições até pode continuar a estar.

Nada acabou. Nada terminou. E até pode continuar.

Aconteça o que acontecer esta será sempre uma biografia incompleta.

E uma biografia incompleta não faz sentido. Ponto.

Não vamos ler.

 

ps: leitura recomendada (em link) - "Uma Biografia Doente" de Rui Cardoso Martins, Jornal Público 

http://www.publico.pt/politica/noticia/uma-biografia-doente-1696417

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:33

Vamos às compras? Sim, vamos. Mas não vamos já.

130px-Pt-ohp3.pngEstá quase. No interior do continente vai abrir mais um supermercado Continente. É daqui a nada. E num nada de tempo em Oliveira do Hospital já vamos poder dizer como se diz em Lisboa e no Porto: fui ao Continente.

Agora sim, ir às compras é estar “in” e a terapia das tias locais já pode ser feita à porta de casa, em grande estilo. Só falta o Pingo Doce para a festa ser total. Não, não, isto não é publicidade – era só o que faltava! – isto é realidade: é que isto de ir comprar ao “Inter” ao “Lidl” ou aos “Irmãos” é fixe, mas ir ao Continente é diferente.

 

Ai, ai os “Irmãos”! Mudaram o “modus vivendi” da cidade, são um dos três melhores projectos de empreendedorismo de Oliveira do Hospital dos últimos vinte anos, mas agora vão ter o Continente à porta. Mesmo à porta, tal como a “Cooperativa”. Em cerca de cem metros, três supermercados. Vamos às compras?

Para Oliveira do Hospital a chegada do Continente é um facto positivo. É investimento, gera movimento, gera emprego, melhora a qualidade de vida das pessoas. Mas nada vai ficar como dantes. Se existir mercado para todos, todos vão ter que encolher. Se não existir mercado para todos, de todos algum vai morrer. O mundo dos negócios é implacável.

Portugal é cada vez mais um país supermercado, um país de comerciantes, mas gera perplexidade ver abrir tantos supermercados em regiões onde cada vez há menos gente, menos emprego e se gera menos riqueza… e falta “cash”.

A onda dos centros comerciais está a acabar mal, multiplicam-se as insolvências. E esta onda de supermercados (e de hotéis)? Veremos.

Vamos às compras? Sim, vamos. Mas não há médicos.

Ui, se os supermercados locais vendessem médicos!? Isso é que era negócio, com a falta que para aí vai…       

 

(publicado no jornal Folha do Centro, 15 de Maio de 2015)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:04

desTAPe-se

17.05.15

Uma semana TAP. E a TAP, que está financeiramente desTAPada, TAPou quase tudo, quase todas as notícias... até as notícias dos bancos, até as notícias dos défices. 

TAP.jpg

Os bancos.

Em portugal temos mais um banco que, se desTAPado, pode ser um caso...."as semelhanças do processo - com o BES - são demasiadas para ser mera coincidência", diz o jornalista João Vieira Pereira do Expresso, ao referir-se ao Montepio.

Como bem escreve o referido jornalista este fim de semana no Expresso Economia: "A Lehman Brothers faliu. A banca irlandesa foi toda nacionalizada. Os gregos injectaram em dois anos 82 mil milhões nos seus bancos (contas de Varoufakis). E os Espanhóis gastaram 51 mil milhões.... . Mas em Portugal, dos 12 mil milhões facilitados pela troika só metade foi usada. Ou os nossos bancos eram muitos bons, assim tão bons como o BES, ou algo está bem escondido que ninguém consegue, ou quer, ver." Estará tudo bem TAPado? Há coragem para desTAPar?

O défice.

O défice são contas desTAPadas, mesmo que seja com tolerância de 3%. Na Europa quem primeiro saltou o défice dos 3% foi a Alemanha!!! A Inglaterra, onde Cameron acaba de conseguir maioria absoluta, o défice é de 5,2%. E, tal como a França, tem até 2017 para baixar até aos 3%. A Finlândia, que tanto criticou Portugal, não cumpre nem com défice nem com os limites da dívida. Portugal vai, em 2015, honradamente ficar abaixo dos 3%. Todo desTAPado, talvez mesmo sem a TAP, pobrezinho.

Sim, sem a TAP. Goste-se ou não, só um privado pode TAPar o buraco da TAP, gerir a TAP e manter a TAP no ar. A voar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:45

Um Olhar...

08.05.15

Fotografias?

Não, não é mais um blog de fotografias.

Não faltam (boas) fotografias na internet. E muitas. E há muito tempo. (ver http://olhares.sapo.pt/ )

Aqui dizemos os olhares com palavras sobre a politica, a economia e as pessoas.

É menos instantâneo, não é veloz, obriga a parar, a pensar.

Mas às vezes apetece segurar o instante, parar o momento, e partilhar, e guardar.

Agora, no ca$h resto z€ro, "um olhar" que pode sugerir mil palavras (facebook), "uma palavra" que pode sugerir mil olhares (blog).

Mais fotografias?

Não, apenas um Olhar.

olhares.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:55

jm.jpg

...a Vida pode definir-se de acordo com o que cada um consegue dizer, consegue ver, consegue ser, consegue fazer, consegue... consegue Viver!...

E depois, conferem-se os Resultados.

Mourinho, José Mourinho, tem uma Vida cheia de Resultados, de bons e grandes Resultados.

Mourinho, português, treinador de futebol, é campeão em todo e qualquer país onde trabalhou: Portugal, Inglaterra, Itália, Espanha...e Inglaterra, outra vez (!), provando que se deve voltar onde se foi feliz, se for para ser mais feliz ainda.

Mourinho, o melhor treinador de futebol do mundo, hoje ganhou outra vez. Mais uma vez. E outra vez no Chelsea.

Pois, e depois, conferem-se os Resultados.

Mourinho é um vencedor. 

- Mourinho, campeão. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:38


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Maio 2015

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D