Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Atenção! Tenha cuidado ao ler este texto, está cheio de buracos.

Quase de certeza que já adivinhou. Sim, vamos falar da estrada da beira. Sim, da estrada nacional 17, mais concretamente daquele bocadinho que recebe o IC que termina em pinhal e serve de acesso ao concelho de Oliveira do Hospital. Sim, vamos falar dos buracos.

O acesso viário a Oliveira do Hospital já não é grande coisa. Se tal acesso é uma manta de alcatrão esburacada, com buracos de todos os formatos e tamanhos e distribuídos em “random”, então todos nos devemos juntar para um grito indignado: tapem os buracos.  

Não vale a pena gastar adjectivos, tipo: vergonhoso; escandaloso; insultuoso. É dizer o óbvio e não adianta nada.

Não vale a pena fazer apelos sensatos aos decisores do país, tipo: olhem para o interior; o desenvolvimento carece de boas acessibilidades; o turismo de qualidade passa pela qualidade de lhe poder chegar. É tudo verdade, todos o sabem, até os decisores, ainda que possa parecer que não.

É preciso fazer qualquer coisa que mostre, de forma definitiva, que assim não pode ser, que está mal, que não é aceitável.

Nos dias que correm, para alguém se fazer ouvir, é preciso ser original, arrojado e consequente.

Ora, aqui se recorda uma ideia que em tempos brotou dos lados do município de Oliveira do Hospital que consistia em fazer uma mega festa do queijo serra da estrela no terreiro do paço, em Lisboa, invadindo a avenida da liberdade de ovelhas e cães serra da estrela.

E que tal começar por testar a ideia, ali, naquela estrada? Invadir a estrada da beira de bordaleiras, queijarias e cães da serra durante todo o fim de semana e assim mostrar a milhares de visitantes o grande buraco em que está metido o interior.

E como os media nacionais não perdem estas oportunidades, podia-se pedir à TSF para alterar o nome do programa Terra-a-Terra para Buraco-a-Buraco e, qual flor do cardo, o guião da TVI devia contemplar por o Nuno Eiró, com os pés num buraco, a pedir para ligar o 700700700 e a dizer : «ajude-nos a tapar os buracos».

Até o queijo ia rolar de contente.

 

(publicado no jornal Folha do Centro, 19 de Fevereiro de 2015)      

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:19


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Fevereiro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D